Pesquisar este blog

quarta-feira, 3 de abril de 2019

Homossexualidade - Entrevista com Bert Hellinger



Neste vídeo em espanhol e alemão o criador das constelações familiares, Bert Hellinger, reflete sobre a questão da homossexualidade. Na maioria dos casos, a homossexualidade se origina de um emaranhado sistêmico familiar e não de uma pré disposição genética.

Entrevistador: O matrimonio gay, entre duas pessoas do mesmo sexo, tem algo a ver com matrimonio?

Bert Hellinger: Tem a ver com um desenvolvimento social. Tem a ver que na homossexualidade entre homens, vou falar dos homens agora, foram rebaixados. Se dizia que não eram normais. Se dizia que eles deveriam de ser diferentes. E com isto, direitos importantes foram lhes retirados. Assim como o direito de conviver conjuntamente, como um par. Se este direito é permitido...acreditamos que, por exemplo 10 por cento dos homens são homossexuais...mas não porque queiram ser assim, mas por que este é o seu destino...e eles tem o mesmo direito sobre sua sexualidade e de segui-la como todos os demais. Quando buscam uma comunidade, também uma comunidade que perdure, com direitos. Este é um movimento que está dentro da Ordem. Quando excluímos isto e dizemos : “Nós somos melhores. Nós estamos em ordem e eles (estes) não!”. Por isto se origina esta resistência.
Da forma como eu percebo, eu aceito isto tal como é. E também que estes homem tenham a possibilidade de viver esta sexualidade em comunidade, juntos. E assim crescem através disto. Se tornam mais humanos. Neste ponto de vista estou totalmente aberto.

Entrevistador: Escutar você é apaixonante. Agradeço pelo seu tempo e gentileza. Me chamou a atenção o fervor e grande atenção que se forma à sua volta. Gostaria de saber se isto é comum em outros lugares do mundo?
(Vídeo é encerrado neste ponto)


Tradução livre do alemão feita por René Schubert

2 comentários: