Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

O conceito "Script de Vida"



 (cena da peça Hamlet - de Shakespeare)


Em teatro, cinema e programas de televisão, o script é um texto com as instruções escritas que devem ser seguidas pelos atores para dar vida aos personagens ou apresentadores, servindo como roteiro para a peça teatral, o enredo do filme ou a apresentação do programa.

No script estão todas as informações a respeito do que se vai apresentar, como atitudes, comportamento, descrições técnicas, utilização de cenários, etc., para que seja montado um espetáculo conforme o escritor e autor imaginou.

O mais conhecido autor de teatro, William Shakespeare, já utilizava os recursos em suas comédias e tragédias, embora não tão detalhadamente quanto os autores atuais. 

Criada pelo psiquiatra canadense Eric Berne, a Análise Transacional, oferece alternativas para que o indivíduo transforme o plano de vida criado na infância em algo espontâneo e autônomo. O Script ou Argumento de Vida consiste no plano inconsciente de vida que a pessoa cultiva na primeira infância, totalmente influenciada pelos pais e que direcionará suas ações nos processos mais determinantes da sua existência.

"A nossa vida segue um plano oculto desde o início. Por isto o chamo de nosso “script”.  Por tal razão podemos compara-la a um filme, que segue um roteiro em cada detalhe e determina como este jogo termina.

É desta maneira que a vida procede do início até o fim. A pergunta é:  Faz alguma diferença se conhecemos o nosso script de vida. Alguns já conhecem o seu script, mesmo antes de começarem a sua trajetória. Eles a seguem até que se realize.

Os scripts determinadores para a humanidade terminam de forma trágica. Por exemplo os scripts de Alexandre o Grande, Alexander, Júlio Cesar, Hannibal, ou Napoleão. Todos eles têm em comum que após o grande sucesso vem uma derrota total.

Quando um homem ainda jovem já sabia que ele ascenderia a um grande poder e perderia tudo ao final. Depois de ir à ópera “Rienzi” de Richard Wagner quatorze vezes na cidade de Linz, ele corria pela cidade gritando “Este é o meu destino!”. O qual, igual ao herói da ópera, o levou às mais elevadas alturas da sua carreira de vida e o deixou cair abandonado e finalmente morrer.
Outros sabiam do seu script? Somente ele o sabia, e ele acreditava ser invulnerável, até o seu fim predestinado. O seu nome era Hitler.

A pergunta é: De onde vem o nosso script de vida? Quais forças o determinam? Por quê já sabemos antes de seis anos de vida qual será o nosso script de vida? 

Mesmo se ele não é acessível para nos de forma consciente, o seguimos de forma imperturbável.

A pergunta é: Podemos trazer alguma mudança? Ou podemos ao menos nos posicionar para evitar o pior? Quem ou o quê pode ajudar?  

A combinação de Script de Vida, Constelação Familiar – uma forma humilde da constelação – e Cosmic Power®. 

Esta revelação do script e esta interação precisam acontecer de forma “retirada” e humilde: sabendo de suas limitações, e de forma religiosa, dentro do sentido mais profundo de religioso, humilde. 

Aquilo que acontece confia em uma força eterna, muito além desta vida. Os insights e soluções nos são dados de presente desde um outro lugar. A forma como Bert Hellinger revela o script da vida é de uma sabedoria respeitosa e, mesmo assim, clara. E nos levam para uma dimensão infinita."

Fonte:  http://www2.hellinger.com/br/pagina/constelacao-familiar/o-nosso-script-de-vida/

Nenhum comentário:

Postar um comentário