Pesquisar este blog

domingo, 10 de março de 2019

História de Sucesso: As Constelações Familiares - Bert Hellinger

Bert Hellinger

"Eu me deparei com as Constelações Familiares. Elas já existiam antes de mim. Thea Schönfelder me mostrou as Constelações Familiares pela primeira vez durante as semanas de psicoterapia de Lindau e me escolheu como representante do pai de um menino esquizofrênico. Inocente, deixei-me colocar, seguro e animado. De repente reposicionou o representante desse menino e eu cai num buraco profundo. Eu já não era eu mesmo. No final, depois da constelação, senti-me em outra paisagem, ampla e aprazível.

Thea Louise Schoenfelder

Mais tarde a encontrei novamente, outra vez nas semanas de psicoterapia de Lindau. De novo fiquei muito comovido por seu trabalho com as Constelações Familiares. Não podia entende-lo, ainda mais porque ela não dizia nada sobre o pano de fundo. Um ou dois anos mais tarde fui quatro semanas a um curso longo sobre terapia familiar em Snowmass, no alto das montanhas rochosas. Era dirigido por Ruth McClendon e Les Kadis. Também eles me mostraram algumas vezes as Constelações Familiares. De novo tive um papel de representante. Outra vez passei por altos e baixos. também não compreendi desta vez, nem eles puderam explicar o que acontecia.



Um ano depois, McClendon e Les Kadis vieram à Alemanha e ofereceram dois cursos de terapia plurifamiliar. Quer dizer que trataram ao mesmo tempo, durante cindo dias, cinco famílias, pais e filhos. Novamente, foi difícil para mim compreender os detalhes. Estava na vivência, mas ficava longe da compreensão. não obstante, o que eu compreendi foi que la estava o futuro. Depois de um ano o momento chegou. Ousei me dedicar a esta tarefa. Antes disso aconteceram algumas coisas que me facilitaram o acesso. Comecei a compreender aonde conduziam as Constelações Familiares.

Ao longo de muitos anos ofereci cursos sobre análise de roteiro (Script analysis), desenvolvido por Eric Berne, o fundador d Analise Transacional, descrevida em seu livro: "O que você diz depois de dizer olá?". Ele descobriu e descreveu através de muitos exemplos que vivemos nossa vida seguindo um plano secreto, segundo um roteiro que representamos quase literalmente no cenário da vida. De repente tive a compreensão pioneira de que este roteiro, que interpretamos em nossa vida, já fora representado previamente por outra pessoa de nossa família, que em grande medida o assumimos dela e que no fundo, o repetimos.

Eric Berne

Subitamente compreendi o que é um emaranhamento. Ficamos emaranhados no destino de outra pessoa e também compreendi o que nos leva a isto. Ficamos emaranhados no destino de pessoas que nossa família perdeu, pois as esqueceram ou porque foram excluídas. Imediatamente compreendi o que acontecia nas Constelações Familiares. Nelas vem à tona, através do representante, quem são estes excluídos e como podem ser levados novamente à família e a nosso coração para o alívio de muitos.

Ao mesmo tempo escrevendo uma conferencia sobre culpa e inocência nos sistemas, percebi claramente que há uma ordem de origem e, portanto, num sistema, o anterior tem precedência sobre o posterior. Aqui não preciso dizer mais nada. Lendo este livro, você pôde viver internamento como continuou a historia do sucesso e a que dimensões as Constelações Familiares levaram, para alivio e para uma nova confiança também para você."

Texto escrito por Bert Hellinger encontrado no Epílogo da obra "Historias de sucesso na empresa e no trabalho" ( Editora Atman, 2013) sob o título: Outra historia de sucesso: As Constelações Familiares.


Nenhum comentário:

Postar um comentário