Pesquisar este blog

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Conferência para Congresso Brasileiro de Psicologia




Trabalhos aprovados a serem apresentados como conferências pelo psicólogo René Schubert no V Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência & Profissão
- Constelação Familiar: da postura fenomenológica ao olhar e teoria sistêmica
- Sindrome de Floating Harbor e/ou Sindrome Pellitier-Leisti: Estudo de Caso Clínico
- Uma experiência em clínica psiquiátrica infantil permeada pelo Humor

Segue aqui o resumo do trabalho a ser apresentado como conferência no congresso relacionado ao campo das Constelações Familiares:

Constelação Familiar: da postura fenomenológica ao olhar e teoria sistêmica

"A partir da manifestações e movimentos no Brasil da técnica alternativa das Constelações Familiares pretende-se com esta apresentação refletir e levantar o histórico e as bases teóricas por detrás desta abordagem caracterizada como fenomenológico-sistêmica. Estudando a origem da técnica se tem a informação de que as constelações familiares tiveram início na Alemanha há 35 anos sendo introduzidas ao publico pelo filósofo e psicoterapeuta Bert Hellinger. O movimento inicial se dá na Alemanha e Áustria e segue se espalhando pela Europa, Asia, Estados Unidos e América Latina. Este pensador reuniu diversos campos do saber e experiencias terapêuticas para configurar desta maneira a constelação familiar, e a partir disto diversos profissionais da área da saúde e posteriormente da educação, administração e direito começaram a aplicar a técnica e desenvolver variações e adaptações. Bert Hellinger aponta que a técnica está a serviço da percepção e consciencia pelo cliente de seu lugar ocupado na família e sociedade, a qualidade dos vínculos e trocas estabelecidas e possibilidade de reconciliação com a própria historia. Diversos autores do campo da psicologia, medicina e filosofia na Europa e Estados Unidos começaram a apontar as origens e bases desta técnica e também relacionar a estas origens a força da mesma. Entre algumas das referências utilizadas temos a Gestalt terapia, a psicanalise, a psicologia analítica, o psicodrama, a terapia familiar sistêmica, a hipnoterapia, a analise transacional, entre outras. Desta maneira propõe-se nesta conferência apontar, refletir e discutir este tecido teórico, suas apresentações e aplicações nesta terapêutica alternativa."

Palavras-Chave: Constelação Familiar; Base Teórica; Filosofia; Psicologia


Fórum de Entidades Nacionais da Psicologia Brasileira, composto por entidades da Psicologia, convida a todos para o V Congresso Brasileiro Psicologia: Ciência e Profissão.
O Congresso, que está se preparando para a sua 5ª edição, é:
  • espaço para o diálogo da diversidade da Psicologia no Brasil;
  • discutir propostas psicopedagógicas e a intervenção dos blogs na educação brasileira
  • lugar para o encontro da ciência e da profissão, que permite haver uma contribuição significativa na produção dos saberes e fazeres da Psicologia;
  • momento importante no desenvolvimento da identidade dos psicólogos
  • possibilidade para que todas as questões, abordagens e construções da Psicologia se apresentem e possam ser divulgadas e debatidas
  • lugar do desenvolvimento do compromisso da Psicologia com as necessidades da sociedade brasileira.
O Congresso será realizado na Universidade Nove de Julho, Campus Memorial, em São Paulo. Home page: http://www2.pol.org.br/inscricoesonline/cbp/2018/

Nenhum comentário:

Postar um comentário