Pesquisar este blog

quinta-feira, 29 de maio de 2014

A paz começa na Alma



"Como é possível trabalhar do jeito que mostrei aqui para vocês? Sou vidente? Não!


Um representante é um vidente, quando sente de repente o que está acontecendo lá. Ele apenas está conectado, eu também estou conectado. Exponho-me, mas com responsabilidade. O representante não tem responsabilidade alguma, apenas mostra o que se passa nele, enquanto eu, como ajudante, devo ter em mente um todo maior e com o sentimento.

De maneira semelhante à do representante, abstraio-me dos meus próprios sentimentos, dos meus próprios pensamentos, assim como da minha própria intenção. Deixo-me conduzir e, de fato, sem temor. Esta é a base aqui. Às vezes digo frases que podem levar a pensar: Como é que pode! Muitos de vocês sentiram as mesmas frases, mas não tiveram coragem de dizê-las. Quando se está em harmonia, até a maior ousadia é certa. Pode-se ver isso no efeito.

Portanto, expondo-se a isso, entra-se em harmonia com o sistema maior. De modo semelhante ao que acontece com os representantes, sendo que pode demorar um pouco até que sintam qual é o movimento necessário, assim ocorre também com o ajudante. O representante não sabe para onde o movimento o leva. Eu também não sei. Somente após um tempo é que sinto: por exemplo, o próximo passo é que devo acrescentar uma pessoa. Sinto também se deve ser um homem ou uma mulher. Desse modo, confio nesse movimento, então o trabalho é condensado sem qualquer complemento. Depois disso, eu me recolho novamente. A alma do cliente continua a trabalhar sem mim.

Pode-se penetrar nessa postura. Os que foram escolhidos várias vezes como representantes, conseguem mais facilmente, já sabem o quanto podem confiar nesse movimento. Depois de algum tempo é como andar cegamente para a frente, no escuro, contudo, encontra-se exatamente o que é certo. Nesse trabalho, o ajudante não é perfeito, naturalmente. Algumas vezes acontecem erros, mas isso não é tão importante porque se equilibra no movimento maior. É muito difícil e é necessário grande esforço para tirar a alma do seu caminho.

O ajudante sente se ainda está em harmonia, permanecendo tranquilo. Enquanto ele permanecer tranquilo, está tudo bem. Logo que ele ou o grupo ficarem ansiosos não se acertou o alvo. Então, só há um remédio. Interromper imediatamente."


Bert Hellinger

Livro: "A paz começa na alma"

Nenhum comentário:

Postar um comentário