Pesquisar este blog

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

A repetição: um ciclo fechado em si?

Möbius Strip II  - Maurits Cornelis Escher





A repetição, diz o filosofo Hegel, desempenha um papel crucial na história: quando algo acontece uma vez apenas, pode ser visto como simples acidente, algo que poderia ter sido evitado se a situação tivesse sido tratada de outra maneira; mas, quando o mesmo fato se repete, é sinal de que um processo histórico mais profundo está em ação.


O “eterno retorno” é descrito por Nietzsche e Schopenhauer na Filosofia. E muito antes deles, Aristóteles:


“Você é aquilo que você repete continuamente. Excelência não é uma eventualidade – é um hábito”. 


E muitos outros filósofos e pensadores apontaram a repetição, o padrão, o habito, como o ciclo fechado em si - que pode trazer equilibrio, por sua estabilidade, mas comumente tras desequilibrio, por sua alienação, banalização e até auto-sabotagem.


“Repetir o mesmo comportamento apenas fará você obter os mesmos resultados”. 
(Spencer Johnson, M.D.)



O conceito de compulsão a repetição aparece em Freud em 1914 em "Recordar, repetir e elaborar" e significa a compulsão para trazer algo de volta. A pessoa reproduz não como lembrança, mas como ação: uma vivencia traumatica, um resto mnêmico carregado afetivamente, uma memoria celular, um padrão cultural-familiar (sistêmico), entre outros.



Seguem alguns exemplos, na forma de curta metragens, da questão da repetição de um padrão, seja individual, seja familiar (geracional, transgeracional), seja cultural – padrões que nos aprisionam e tensionam:



Vida Maria – by youtube – Curta-Metragem Brasileiro:


 





Das Rad – traduzido como Pedras em português – Curta metragem alemão que concorreu à prêmios no Animamundi 

Mostra a questão do tempo, a diferença da percepção da passagem desta do ponto de vista humano e geológico - e a repetição, das eras, dos ciclos:



Um comentário:

  1. O padrão familiar - um traço de pertencimento ao sistema.

    Mas também algumas vezes sinal de uma tarefa não realizada, que carece de um olhar e tomada de consciência - um lugar, um perdão, uma reconciliação...

    Se não foi feita por uma geração, seguirá para próxima, e próxima, ate ser enfim reconhecida e cumprida.

    ResponderExcluir